COLINAS | Simproesemma promove ato de repulsa contra prefeitura por atraso no pagamento de salários dos servidores remunerados pelo FUNDEB

Nesta segunda-feira, dia 15 de janeiro, a partir das 7h da manhã, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação – Simproesemma, realizará na Praça Dias Carneiro, no centro da cidade, um Ato de Repulsa contra o atraso no pagamento dos salários dos servidores remunerados pelo FUNDEB.

O ato contará com a presença da presidente do Simproesemma/Colinas, Ana Paula Sousa, de professores e demais prestadores de serviços da educação municipal, além da sociedade em geral que está sendo convidada a participar do evento pelo sindicato.

De acordo com Ana Paula, a prefeita ainda não pagou os salários de dezembro de 2017 dos professores efetivos, dos contratados, dos vigias e das merendeiras, mesmo o Governo Federal já tendo creditado os valores desde o dia 29/12, alegando que houve diminuição em cerca de R$ 4 milhões no ano dos valores que eram repassados.

Ainda segundo Ana Paula, o sindicato acompanha mês a mês os repasses do FUNDEB e nunca faltou dinheiro para honrar com o pagamento dos salários dessa importante categoria. “Se a prefeita não paga é porque não quer, mas não por falta de dinheiro”, afirma.

Ameaça

Como forma de inibir ou intimidar os profissionais da educação que pretendem participar do ato, representantes da prefeitura municipal fizeram chegar aos membros do sindicato que o professor que aderir ao movimento terá o ponto cortado e consequentemente o desconto na folha de pagamento.

“Dessa vez não tem ameaça de corte de ponto ou de aula. Nada vai nos intimidar. Agora é a hora dos professores, merendeiras e vigias e de todos os profissionais remunerados pelo FUDENB. Não estamos de brincadeira e vamos pra luta reivindicar nossos direitos”, disse Ana Paula.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar