COLINAS: suplente Robertão assumirá vaga na Câmara Municipal

 

O suplente de vereador Robertão (PDT) deve assumir nos próximos dias a vaga do vereador Sibito na Câmara Municipal de Colinas.

Até ontem o futuro vereador estava cotadíssimo para assumir a Superintendência de Articulação Regional do Governo do Estado, mas mudou de idéia e preferiu ficar na Câmara Municipal.

Quanto ao já quase vereador licenciado Sibito, este deve assumir uma pasta com status de secretaria no governo Antonio Carlos, cujo projeto de criação já foi enviado para apreciação/aprovação pelo plenário do legislativo colinense.

FORTUNA: prefeito foi cassado por pintar prédios públicos nas cores do PT…

O prefeito cassado de Fortuna, Arlindo (PT)

O prefeito cassado de Fortuna, Arlindo (PT)

O juiz da comarca de São Domingos do Maranhão, Clênio Lima Corrêa, determinou, no último dia 27 de abril, a cassação do prefeito de Fortuna, Arlindo Filho.

Filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), ele é acusado de promoção pessoal por pintar todos os prédios públicos de Fortuna na cor vermelha, fazendo explícita propaganda da legenda da qual faz parte.

A pedido do Ministério Público Estadual, o prefeito também teve os direitos políticos suspensos por três anos. A decisão ainda cabe recurso.

Ao analisar a representação protocolada por um advogado local, o MPE constatou que a pintura configura ato de improbidade administrativa e lesão aos cofres da cidade.

Notificado, Arlindo não cumpriu a determinação estabelecida pela justiça de repintar os bens públicos com as cores do município e pagar os custos com recursos do próprio bolso.

Até o presente momento, Fortuna encontra-se sem prefeito. Os vereadores e a população está aguardando a vice-prefeita Alice Maria Coelho (PHS) assumir nesta segunda-feira (18).

Caso a mesma não compareça para assumir, o Presidente da Câmara será empossado na prefeitura.

Fonte: Blog Marrapá

Atenção, Ronaldo e Carlinhos Moreira! Governo deve demitir vereadores nomeados na secretaria de Márcio Jerry

De O Estado

O Governo do Estado pode ter que exonerar, em breve, pelo menos cinco vereadores de municípios do interior do Maranhão que foram nomeados como assessores ou superintendentes da Secretaria de Estado de Assuntos Políticos e Federativos (Seap).

As nomeações ferem a Constituição Federal, segundo tem decidido o Supremo Tribunal Federal (STF) em casos parecidos pelo Brasil.

No início da atual gestão, foram nomeados para cargos de auxiliares do secretário Márcio Jerry (PCdoB), os vereadores Ronaldo Adriano de Oliveira (PDT), de Jatobá, como assessor de Articulação Regional II de Colinas; Ricardo Barbosa (PSDB), de Parnarama, como superintendente de Articulação Regional de Timon; Antonio Carlos Moreira Lima Filho (PDT), de Colinas, como superintendente de Articulação Regional de Colinas; Jardel Mirnada da Silva (PMDB), de Jatobá, como superintendente de Articulação Regional de São João dos Patos; e um quinto de Presidente Dutra.

Entretanto, segundo interpretação da Constituição usada pelo STF em várias decisões, os vereadores não poderiam deixar as Câmaras dos seus municípios para assumir cargos que não sejam, pelo menos, equivalentes aos de secretários.

Omissão

O caso é controverso, e baseia-se em uma omissão do texto constitucional. O inciso II do artigo 54 da Constituição diz apenas que deputados e senadores não podem ocupar cargo ou função de livre demissibilidade no Executivo.

A exceção é feita, segundo o artigo 56, nos casos em que o deputado ou senador estiver investido em cargos de ministro de Estado, governador de Território, secretário de Estado, do Distrito Federal, de Território, de Prefeitura de capital ou chefe de missão diplomática temporária.

A desobediência pode ser punida até com a perda de mandato.

Como o texto não cita vereadores, o STF tem adotado a mesma regra nos municípios, apesar de tribunais estaduais divergirem bastante.

No caso do Maranhão, a informação de que as nomeações poderiam ser inconstitucionais chegou à Seap no fim do mês passado, o que motivou uma consulta formal do secretário Márcio Jerry ao setor jurídico da Casa Civil do Governo do Estado.

Em expediente encaminhado ao advogado Carlos Lula, secretário-adjunto de Expediente, Documentação e Atos Oficiais da Casa Civil, o comunista questiona a constitucionalidade da manutenção das nomeações.

A O Estado ele adiantou que “já há uma manifestação informal”.

Basedo na resposta formal, no entanto, é que ele se posicionará oficialmente sobre o caso. O que pode acontecer ainda nesta semana, e culminar com a demissão dos vereadores assessores/superintendentes.

JATOBÁ: vereador Ronaldo Vaqueiro é nomeado Assessor de Articulação Regional de Colinas

 

IMG_4202O vereador jatobaense Ronaldo Vaqueiro foi nomeado Assessor de Articulação Regional de Colinas.

A portaria de nomeação foi assinada pelos secretários Márcio Jerry (Assuntos Políticos) e Marcelo Tavares (Casa Civil).

Com a ida de Ronaldo para a Gerência Regional de Articulação de Colinas, o primeiro suplente da coligação que o elegeu em 2012, Cabo Ariosto, é quem vai assumir a vaga na câmara jatobaense.

IMG_4201

Prof. Paulinho toma posse como novo secretário de Cultura de Colinas

 

Professor Paulinho Pereira foi empossado pelo prefeito Antonio Carlos

Professor Paulinho Pereira foi empossado pelo prefeito Antonio Carlos

O professor, historiador e escritor Paulo Eduardo Pereira, o Prof. Paulinho, é o novo secretário de Cultura de Colinas. A posse aconteceu no gabinete do prefeito da cidade, Antonio Carlos, nessa sexta-feira, 1 de maio.

Especialista em pesquisa histórica e com mestrado em História e Memória pela Universidade Estadual do Maranhão, o Prof. Paulinho tem cursos específicos na área de Museologia e Curadoria de Arte. É sócio efetivo da Associação Nacional de Historiadores, da Rede de Educadores em Museus, escritor, cronista e artista plástico.

Do ato de posse do novo secretário participaram o prefeito Antonio Carlos, os vereadores Maria Iris e Stênio Madeira, além de familiares do secretário e secretários municipais.

Uma das metas do novo secretário é colocar seus conhecimentos técnicos no processo de implementação do Plano Municipal de Cultura, na estrutura do Ministério da Cultura.

(Com informações da FanPage da Prefeitura)

 

Vereadores e secretários também participaram da posse do novo secretário

Vereadores e secretários também participaram da posse do novo secretário

 

COLINAS: vereador Carlinhos Moreira é nomeado Superintendente de Articulação Regional de Colinas; suplente Robertão assume

 

CALIM2O governador Flávio Dino nomeou o vereador colinense Carlinhos Moreira (PDT) para o cargo de Superintendente de Articulação Regional de Colinas. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 29. O cargo é ligado à Secretaria de Articulação Política e Assuntos Federativos, comandada pelo também colinense Márcio Jerry.

Carlinhos Moreira exerce pela segunda vez o mandato de vereador, é contador e membro do Diretório PDT local.

Para se dedicar integralmente à função, o parlamentar se licenciará da Câmara Municipal de Colinas. Em seu lugar assume o suplente Robertão.

Na mesma data também foi nomeada como Assessora da Superintendência de Articulação Regional de Colinas, Leocy Barbosa, militante política e esposa do vice-prefeito de Mirador, Ronny.

 

CALIM

(Do Blog do Samuel Barroso)

COLINAS: prefeito Antonio Carlos faz minirreforma em secretariado

 

O prefeito colinense Antonio Carlos deu início nesta semana a uma minirreforma em seu secretariado.

O atual secretário de Administração, Everton Filho, vai assumir a Secretaria de Governo, enquanto que a atual titular da pasta, Jesus Assunção, vai ser remanejada para a Secretaria de Assistência Social.

O lugar de Everton Filho na Secretaria de Administração deve ser ocupado por Carlos Alberto, espécie de adjunto de EF.

Já o ex-prefeito Everton Costa vai assumir a Secretaria de Articulação Política.

Outra mudança anunciada pelo gestor é a efetivação da primeira-dama Graça Oliveira na Secretaria de Saúde.

E ainda esta semana o professor, historiador e escritor Paulinho Menezes Pereira deve assumir a Secretaria Municipal de Cultura.

De olho na reeleição, AC deve nomear ainda nos próximos dias a vereadora Eliozilda Sá para alguma secretaria, abrindo vaga na câmara, assim, para o primeiro suplente de vereador Robertão, que deve desembarcar na nau do prefeito com toda a família.

Fontes do governo informaram ao blog que também há uma articulação do prefeito Antonio Carlos para que a professora e sindicalista Ana Paula Sousa assuma a Secretaria Municipal de Educação no lugar da atual titular Mauricélia Costa.

Em contato com o editor do blog, a professora Ana Paula nega a ida para a secretaria e diz que em hipótese alguma faria parte de um governo que não ajudou a eleger.

Além dessas mudanças, o prefeito contratou recentemente o renomado jornalista Itevaldo Júnior, que fez parte das campanhas de Edinho Lobão e Luciano Leitoa, de Timon, e também é ex-editor de política do jornal O Estado do Maranhão e do famoso Blog do Itevaldo, para coordenar toda a parte de comunicação da Prefeitura de Colinas.

O resultado de tudo isso vamos saber com o tempo.

Certo mesmo é que, faltando pouco mais de 1 ano e 6 meses para as eleições, AC mexe bem no tabuleiro da política tupininquim e sai na frente nesse primeiro momento nas articulações.

Eleição para diretor de escola estadual em Jatobá promete ser quente

 

Prof. Reijúnior Soares, atual diretor do Aluízio Azevedo

Prof. Reijúnior Soares, atual diretor do Aluízio Azevedo

Dia 19 de Junho tem tudo pra ser uma data marcante em Jatobá: será realizada eleição para escolha do novo diretor da escola estadual Aluízio Azevedo. Devem ser candidatos o recém nomeado diretor Reijunior Soares​ e a professora e ex-diretora Edivalda Lima.

Conforme já se comenta na cidade, situação e oposição vão fazer dessa eleição uma espécie de prévia para 2016.

Reijúnior Soares, professor estadual e oposicionista convicto, foi indicado diretor pela ala da oposição jatobaense que apoiou a eleição do governador Flávio Dino, notadamente o vereador Ronaldo Vaqueiro e Joel Barroso, primo do secretário de Articulação Política do Estado, Márcio Jerry.

Reijúnior, portanto, que deve ser um dos candidatos, vai ser apoiado por todas as correntes que fazem oposição à prefeita Consuelo Lima.

Quanto à professora Edivalda Lima, vamos ao fatos.

Profa. Edivalda Lima, ex-diretora e candidata a diretora

Profa. Edivalda Lima, ex-diretora e candidata a diretora

Até semana passada o médico e um dos líderes da oposição em Jatobá, Gerson Santos, espécie de mentor político e aliado da professora Edivalda, era um dos pretensos pré-candidatos à prefeito do município em 2016. Porém…

… Porém no meio do caminho havia o cargo de diretor do CEM Aluízio Azevedo, cuja indicação do ocupante passou a ser uma questão de honra para o médico. Dr. Gerson queria a todo custo que o cargo fosse ocupado por por Edivalda. E se desse outra pessoa (Reijúnior Soares, aliado de Ronaldo Vaqueiro), ele sairia da oposição e cairia direto nos braços da prefeita Consuelo.

Palavra dada, palavra cumprida.

Todo mundo em Jatobá sabe que Dr. Gerson e o vereador Ronaldo Vaqueiro jamais dividiriam a mesma picanha lá no Refúgio Drinks, em Colinas. Mesmo fazendo parte do mesmo lado e do mesmo partido político (PC do B) os dois não se cheiram. E um quer ver a caveira do outro.

Semana passada quando saiu a nomeação do professor Reijúnior Soares como diretor do CEM Aluízio Azevedo, Dr. Gerson cumpriu o que prometeu: chamou a prefeita Consuelo Lima e o ex-diretor da escola Genésio Lima e pediram aos dois apoio incondicional para a eleição da professora Edivalda para a direção da escola.

Caso a Consuelo desse o apoio necessário para a eleição de Edivalda, Dr. Gerson lhe garantiu que só uma hecatombe o tiraria do grupo político da prefeita nas eleições de 2016, devendo inclusive ser seu companheiro de chapa.

E aquilo que era pra ser só uma simples eleição para a direção de uma escola estadual, passou a ser uma espécie de prévia da eleição de 2016.

De um lado Edivalda Lima com o apoio do governo e do outro Reijúnior Soares com o apoio da oposição.

Quem vai sair na frente nesse primeiro round?

 

Flávio Dino anuncia eleições diretas para diretores da rede estadual de ensino


000

O governador do Maranhão, Flávio Dino anunciou na manhã desta terça-feira (31), por meio das redes sociais,  que as primeiras eleições diretas para diretor de escola no Maranhão ocorrerão no próximo dia 19 de junho. Dino destacou que a consulta será antecipada e sucedida por um curso de capacitação para os gestores das escolas em função da busca pela qualidade.

Buscamos a cidadania ativa para mudar a educação. Com as eleições nas escolas,o governo abre mão de um poder e coloca-o nas mãos da comunidade. Partilhar o poder para exercê-lo melhor”, disse.

A educação tem sido uma das prioridades do governo Flávio Dino. Por meio do Programa Escola Digna, o estado deixará de ter escolas de taipa e de palha. O governo também aumentou o valor das gratificações de professores e gestores escolares.

“Queremos que eles (0s diretores)  sejam líderes de um novo momento na educação maranhense”, pontuou o governador.

CHAMEM A POLÍCIA! Empresa que ganhou licitação de R$ 713 mil pertence ao motorista do empresário Fala Fina

 

Sabe a empresa que venceu licitação de R$ 713 mil para fornecer mão de obra sabe-se lá de quê para Prefeitura Municipal de Colinas?

Pois é. Seu proprietário, de nome Amauri da Silva Oliveira, é ninguém menos que o motorista do dublê de empresário Fala Fina, homem que já detém inúmeros contratos com o governo do prefeito Antonio Carlos.

A empresa que Fala Fina tem em sociedade com Leonardo Sousa, a LF Construções, já mantém o monopólio da Limpeza Pública, dos Transportes, além de várias obras por todo o município, sendo a mais importante delas a ponte da Trizidela, de quase R$ 3 milhões.

No total, a L.F. de Léo e Fala já abocanhou mais de R$ 30 milhões em obras e serviços de toda a natureza.

Não satisfeito, o ganancioso empresário decidiu criar mais uma empresa, a L.A. Terraplanagem e Construções Ltda, e colocar seu motorista como laranja.

E de cara já leva na primeira tacada mais de R$ 700 mil reais pra fazer coisa nenhuma.

Definitivamente a bandalheira tomou conta de tudo em Colinas.

E a gangue que parece ter tomado a cidade de assalto já não tem mais nenhum pudor em esconder nada ou fazer nada às escondidas.

É como se na cidade não tivesse Câmara de Vereadores e nem representante do Ministério Público.

Se tem Câmara, esta precisa se manifestar de qualquer forma e dar uma satisfação pra sociedade.

Não é possível que os 13 vereadores do município permaneçam calados diante de tanta bandalheira.