Terra sem lei: assalto, tiroteio e morte no Turu!

Com informações do blog do Daniel Matos e acréscimos de quem viu tudo de perto.

Socorrista do Samu atende bandido baleado no assalto

O assalto praticado no início da noite de ontem por uma quadrilha à casa lotérica Nossa Senhora de Fátima, na Avenida São Luís Rei de França, nas proximidades do Mateus velho, teve como saldo um bandido morto e dois policiais e uma jornalista baleada. Um segundo bandido (esse da foto acima) foi alvejado por três tiros e está internado em estado grave. Outro criminoso, identificado como Nicolas (esse playzinho aí de camisa verde na foto abaixo, que reside no próprio bairro e anda de carrão), foi preso, enquanto o quarto integrante do bando, de nome Breno, conseguiu fugir.

Nícolas: ele agora vai ver que o crime não compensa

Nícolas: ele agora vai ver que o crime não compensa

O bandido morto no assalto à lotérica, localizada no Posto Natureza, foi identificado como Erick (esse da foto abaixo, estirado no chão, a essas alturas já recebido no inferno pelo capeta), apelidado de Buriti. Seu comparsa, conhecido como Ribinha,  levou três tiros, ficou pelo menos umas três horas a espera de socorro debaixo de um pé de manga, e está muito mal no Socorrão II. O ideal era que também tivesse morrido.

Erick se deu mal e agora vai acertar suas contas com o capeta

Erick se deu mal e agora vai acertar suas contas com o capeta

Um dos policiais baleados foi o cabo PM Adeilson, atingido de raspão em um dos braços, mas não corre perigo. O outro, um civil, foi alvejado em um dos pés.

Nunca tinha visto nada igual. Eu tinha acabado de estacionar o carro ao lado do supermercado Mateus. Quando abri a porta já ouvi os tiros e via as balas voando no ar em forma de pequenas bolas de fogo. Minha reação primeira foi voltar ao interior do carro e permanecer abaixado. O tiroteio seguiu por pelo menos uns 8 minutos. Quando sai do carro percebi o estrago de tudo: casa lotérica e loja de conveniência do posto com portas de vidros quebradas, sangue por todos os lados, um bandido morto no chão, outro ferido, um escondido nas dependências de uma oficina e o outro em fuga.

Jornalista

A jornalista Danielle Bello levou um tiro de raspão no pescoço e não corre risco de morte

A jornalista Danielle Bello levou um tiro de raspão no pescoço e não corre risco de morte

A jornalista Daniele Bello, que integra a equipe da Assessoria de Comunicação da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), estava dentro da casa lotérica na hora do assalto. No tiroteio, ela foi atingida de raspão no pescoço e foi encaminhada imediatamente ao Hospital Geral, onde passa bem.

Os quatro criminosos estavam sendo monitorados desde o fim da tarde, após uma tentativa assalto à agência dos Correios do conjunto Bequimão, o que possibilitou a ação imediata da polícia.

Pelo visto, as forças de segurança pública terão que intensificar o patrulhamento, já que a bandidagem parece disposta a tocar o terror na Ilha neste feriado prolongado.

A Famiglia Real Maranhense

Os Sarney: enquanto eles reinam absolutos, a gente se f...

Os Sarney: enquanto eles reinam absolutos, a gente se f…

Há exatos nove meses, a neta de Sarney, Maria Fernanda Sarney, deu uma festa de casamento para mais de 1000 pessoas nos jardins luxuosos do seu pai, Fernando Sarney. A comemoração foi uma prova da ostentação que a oligarquia faz questão de impor para a sociedade maranhense. O evento contou com a presença de políticos como o deputado Hugo Napoleão, o ex-ministro Silas Rondeau e o senador Renan Calheiros.

A decoração foi composta dos mais sofisticados artigos encontrados no mundo das festas da burguesia brasileira como: iluminação de led, flores ornamentais, salão com chão de vidro… A noiva usou um vestido assinado por um grande estilista brasileiro Samuel Cirnansck, que deve ter custado no mínimo 20 mil reais. Todas as mulheres que marcaram presença na cerimônia estavam vestidas com modelos assinados por outros estilistas renomados no mundo da moda. Além do vestido, a noiva também apareceu com joias e uma coroa que, como manda a tradição da família, faz parte dos casamentos de todas as mulheres desde a sua avó D. Marly Sarney, uma prova de que eles ainda tentam seguir os modelos de uma monarquia, como na França de Maria Antonieta há mais de 200 anos atrás, onde a monarca ficou conhecida pela frase “se o povo não tem pão, que comam brioche”.

Assim como Antonieta, Roseana gosta de jogos e festas glamorosas e usa o luxo para impor uma imagem de prosperidade na sociedade maranhense. Só lembrando que a queda de Maria Antonieta culminou na Revolução Francesa quando o povo levantou-se contra a monarquia reivindicando melhores condições de vida e liberdade de ideias e crença. Será que a governadora do Maranhão terá o mesmo fim da rainha da França? Assim como naquela época até hoje o governo vive às custas da pobreza da população. Enquanto nas mansões da família Sarney se come lagosta e foie gras (patê de fígado de ganso, uma iguaria da culinária francesa) o Maranhão aparece nos principais noticiários nacionais e internacionais como o estado pobre e onde a violência mais cresceu nos últimos anos, aqui o povo vive sem acesso à educação, saneamento básico, infraestrutura e alimentação.

Parece irônico, mas três meses depois da grande festa de casamento da neta do ex-presidente e senador do Amapá, José Sarney, começa uma rebelião na penitenciária de Pedrinhas onde cabeças de detentos rolaram pelos corredores do presídio. As cenas foram gravadas e chocaram o mundo inteiro. Como se não bastasse, alguns meses depois, a menina Ana Clara, de 6 anos, morreu queimada, vítima de um atentado violento a um ônibus na capital São Luís, e é instalada uma grande crise na segurança pública do Maranhão. Desde então, a mídia tem noticiado todos os dias as atrocidades e o descaso que o povo maranhense anda sofrendo há anos.

Esta semana o programa Cidades e Soluções, do canal a cabo Globo News da TV Globo, exibiu uma matéria falando sobre problemas de saneamento básico no mundo, o vídeo começa com a seguinte frase: “Que tal viver em um planeta onde tem mais pessoas com acesso a telefone celulares do que a banheiros?”. Na matéria, novamente o Maranhão foi pauta, a cidade de Milagres do Maranhão apareceu como o município com menor número de banheiros do Brasil, 67% dos domicílios não possuem sanitários, a população tem que fazer suas necessidades no mato e ficando expostos a todo tipo de doenças.

Esta é a realidade do Maranhão onde a oligarquia Sarney está no poder há quase 50 anos ostentando luxo e vivendo às custas da miséria da população. O povo Maranhense podia fazer como os franceses fizeram na revolução e pedir: “Liberté, Egalité e Fraternité” (Liberdade, Igualdade e Fraternidade) para o Maranhão.

Por Letycia Oliveira – jornalista

PT nunca mais!

Lobinho, Lobão e Lula: eles querem terminar de lascar com o Maranhão

Lobinho, Lobão e Lula: eles querem terminar de lascar com o Maranhão

Sempre votei no PT. Meu primeiro voto, em 1996, foi dado pra Jackson Lago (PDT) que disputava a Prefeitura de São Luís contra João Castelo, e tinha Domingos Dutra, do PT, como candidato a vice. Confesso que votei em Jackson mais por causa do Dutra. Pra vereador votei na petista Helena Heluy, voto que continuou em outras eleições.

Em 1998 votei em Lula, que perdeu pro então presidente Fernando Henrique Cardoso, que disputava a reeleição. E votei em deputados do PT e no senador do PT.

Em 2002 votei em Lula, Jackson e nos deputados do PT.

Em 2006 repeti o voto em Lula, Jackson, votei pro Dutra (federal) e novamente na Helena Heluy (estadual).

Em 2010 Dilma, Flávio Dino, Zé Reinaldo, Arnaldo Melo e Gastão (esses dois últimos votos por uma razão política regional).

Como se ver, o PT sempre marcou presença em todos os meus votos, em todas as eleições. Mas agora chega. Basta!

Confesso que ainda estava propenso a votar na Dilma e em outros candidatos da legenda, mas algo vem me fazendo mudar de ideia ultimamente.

E hoje finalmente mudei. Dilma e PT nunca mais.

A razão pra se concretizar minha mudança foi justamente nessa foto aí acima, onde Lula aparece ao lado do Edinho 30%, um dos maiores ladrões que esse Estado já viu, e seu pai, o esquelético ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.

Ao declarar apoio a Edinho 30 (ele cobrava 30% de propina em cada obra no governo do pai, por isso ficou tão rico da noite pro dia), afirmando que gravará quantos vídeos precisar na campanha e se precisar até virá ao Maranhão e subirá no palanque do playboy cinquentão, Lula não só tirou meu voto da Dilma como me fez perder a admiração que tinha por ele.

Minha dúvida agora é entre Campos e Aécio.  Mas tenho ainda muito tempo pra decidir isso.

Inaugurações, homenagens, shows e cidadania marcam os 123 anos de Colinas

colinas6

Com uma programação variada, a Prefeitura de Colinas comemorou os 123 anos da cidade em grande estilo. Atividades esportivas, campanhas na área de saúde e educação, homenagens a colinenses ilustres, inauguração de Escolas e apresentações musicais marcaram as festividades.

Localizada no Centro da cidade, a escola São Pio X foi entregue totalmente reformada e equipada, trazendo um espaço digno para que alunos e educadores desenvolvam suas atividades. No Bairro DER, a população não continha a satisfação pela entrega da Escola Vitorino Sousa totalmente reformada, além da entrega de Kits Multifuncionais. “Nossos filhos agora podem estudar num lugar limpo e confortável” disse uma Moradora.

Através de stands, a Secretaria de Educação mostrou o projeto Conhecendo Minha cidade. Na oportunidade, muitos colinenses foram homenageados, dentre eles a Professora Graça Saraiva, figura marcante que sempre contribuía na organização de eventos comemorativos referente Aniversário de Colinas.

Outro ponto marcante foi a 2ª Feira do Produtor organizado pela Secretaria de Agricultura do Municipio. Vários produtos comercializados pelo Programa Pnae foram expostos para a comunidade.

Dentre as atrações musicais destaca-se o Show do Cantor Evangélico Felipão, no dia 09 de Abril, em uma apresentação que reuniu milhares de pessoas em praça Pública.

Já no Dia 10 de Abril, as bandas Chicabana e a cantora Natalia Leite animaram durante toda a noite.

Para o Prefeito Antonio Carlos o momento é de conquistas:

” Estamos realizando um grande programa de recuperação de escolas. A agricultura familiar está sendo fomentada e apoiada e Colinas só evolui. Estamos no rumo certo” disse o Prefeito Antonio Carlos.

colinas2

colegio1

colinas4

felipao1

Publico prestigiou Dia do Evangélico

Fonte: Portal da Prefeitura Municipal de Colinas

Carlos Brandão vice de Flávio Dino é roubada!

Abraço de afogado: chapa com Brandão de vice é roubada!

Abraço de afogado: chapa com Brandão de vice é roubada!

Tudo indica que o companheiro de chapa do pré-candidato ao governo do Estado, Flávio Dino, será mesmo o deputado federal e presidente do diretório estadual do PSDB, Carlos Brandão. O acordo teria sido feito em Brasília com o comunista e o pré-candidato tucano à presidência da República, Aécio Neves.

E nem adianta o PDT indicar Honaiser, Rosângela ou Deoclides.  O vice será tucano e ponto final!

A verdade é que o PDT vem sendo preterido desde as eleições de 2012, quando abriu mão da vaga de vice para o recém chegado PSB na coligação que elegeu o prefeito Edivaldo Holanda Júnior em troca de algumas secretarias num eventual governo petecista. Mas pelo acordão de 2012, a vaga de vice na futura chapa dinista nas eleições de 2014 seria do partido. Porém…

Porém sentindo que os pedetistas viriam de qualquer jeito – até pelo beiço – bastando para isso oferecer algumas secretarias, Flávio Dino agora tenta puxar os tucanos pra sua nau, já que com a desistência de Luís Fernando, que tinha o apoio declarado do prefeito de Imperatriz, o tucano de alta plumagem Sebastião Madeira, a possibilidade do tucanato marchar junto com a oposição se tornou real.

E se de fato o PSDB desembarcar na candidatura de Flávio Dino, os tucanos vem com o poder de indicar o vice. “Ou isso, ou nada”, dizem eles. Como o ex-prefeito João Castelo jamais toparia o encargo de botar sua carinha ao lado da cara de Flávio Dino num cartaz de campanha, já que as arestas das eleições de 2008 e 2012 não foram e nunca serão aparadas, o nome mais provável é o do deputado federal e presidente da legenda no estado, Carlos Brandão. E é bem aí que mora o perigo.

Pra quem não sabe, Brandão é irmão do ex-prefeito de Colinas, Zé Henrique, um ficha-suja condenado pelo menos 5 vezes pelos tribunais de contas do Estado e da União, e amigo íntimo de Lidenor Façanha Júnior, mais conhecido por Júnior Cabeção.

Júnior Cabeção, por sua vez, é amigo pessoal do deputado e de sua família há vários anos, tendo desembarcado em Colinas de mala e cuia – ou puxando a carrocinha – no segundo governo de ZH. E mandou e desmandou tanto na gestão do irmão do deputado como na da pupila Valmira Miranda.

Todos os mandos (e desmandos) de JC à frente da prefeitura levaram-no a sair de Colinas em 2012 como um dos homens mais ricos da região.  O esquema de corrupção montado na prefeitura pelos Brandão e Cabeção para saquear os cofres públicos, misturando coisa pública com coisa privada, é algo jamais visto em todo o Alto Itapecuru.

E o perigo pra Flávio de uma chapa com Carlos Brandão como companheiro reside justamente aí, na figura de Júnior Cabeção.

Mas isso aí é outra história que merece um outro capítulo bem mais longo e detalhado.

 

Nada mal: empresa de ex-adversários do prefeito leva quase R$ 1 milhão da Prefeitura de Colinas pra fornecer material gráfico

 

A C. Marx N. de Sá – Indústria, Comércio, Gráfica e Editora, de nome fantasia EMIGRAF, cuja sede fica na Av. Coronel Trajano Brandão, no centro de Colinas, pode se considerar uma empresa de sorte.

Com tantos interessados em fornecer material gráfico para o município – conhecedores que devem ser dos editais de licitação promovidos e divulgados pela Companhia Permanente de Licitação – a EMIGRAF, de propriedade do filho da vereadora neo-governista Eliozilda Nóbrega de Sá, foi a grande vencedora do contrato de número 046/2014, assinado em 03/02/2014, de  quase R$ 1 milhão, divididos em cinco lotes, para o fornecimento de material gráfico para a prefeitura colinense.

O primeiro desses lotes, no valor de R$ 241.920,00 (duzentos e quarenta e um mil e novecentos e vinte reais), será para a confecção e reprodução de materiais gráficos diversos para atender as necessidades da Secretaria Municipal de Educação e seus setores. Que materiais são esses, ninguém sabe, até porque não houve especificações de tais.

O segundo lote, com valor bem mais avantajado de R$ 389.163,00 (trezentos e oitenta e nove mil e cento e sessenta e três reais), será também para a confecção e reprodução de materiais gráficos diversos para atender as necessidades da Secretaria Municipal de Saúde e seus setores (sic). Postos de saúde, essas coisas, que certamente devem expedir muitos ofícios e demais correspondências.

O terceiro lote, de R$ 120,285,00 (cento e vinte mil e duzentos e oitenta e cinco reais) é também pro fornecimento do mesmo material, só que desta feita para a Secretaria de Administração, que deve ter bem menos correspondências para expedir, tendo em vista o valor reduzido em quase pela metade.

Já o quarto lote, no valor de R$ 147.122,00 (cento e quarenta e sete mil e cento e vinte e dois reais) tem por finalidade fornecer material gráfico para a Secretaria Municipal de Assistência Social. Haja espaço pra colocar tanto papel.

Por fim, o quinto e último lote de R$ 65.020,00 (sessenta e cinco mil e vinte reais) que vai fornecer material gráfico para atender as necessidades do programa Saúde na Escola.

Somando tudo, a EMIGRAF dos ferrenhos ex-adversários Nóbrega de Sá, vai abocanhar mais de R$ 962 mil. Ou pra ficar mais bonito: quase R$ 1 milhão pra fornecer material gráfico pro município só em 2014.

Nada mal.

O sucesso do Diálogos pelo Maranhão demonstrado na participação popular

Domingos Costa

passagemfranca2

O movimento Diálogos pelo Maranhão esteve em mais três cidades do leste maranhense. Lagoa do Mato, Buriti Bravo e Passagem Franca. No debate, temas como agricultura familiar, infraestrutura de acesso aos municípios da região e educação. Os eventos contaram com a presença de lideranças políticas e religiosas, sindicalistas, vereadores, presidentes de Câmaras municipais e população. O movimento passou também pelos municípios de Aldeias Altas, São Francisco do Maranhão, Sucupira do Riachão, São João dos Patos e Barão de Grajaú

Lavrador aposentado do povoado Tabuleiro do Gato, Antônio Modesto, de 60 anos, pediu por estradas e água potável nas casas. “A gente vive porque tem que viver. Não que a vida esteja boa. Quando a gente tá doente tem que ir pra Teresina, aqui não tem ninguém pra atender. As estradas estão tudo ruim, não tem água tratada”, reclamou.

Pela agricultura familiar, Chico Miguel, presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Maranhão (Fetaema), falou da desigualdade social e econômica, além de ressaltar a importância do apoio para os trabalhadores rurais. “Este é um grande desafio, vivemos em um estado rico com um povo pobre. Não dá mais para fazer agricultura familiar como há 10 anos sem políticas públicas. É preciso investir no campo e trabalhar por uma reforma agrária séria”, disse.

O prefeito de São Domingos, Kléber Andrade, liderou falou da necessidade de melhoria da infraestrutura das estradas. Ele destacou que o cuidado que a população do sertão maranhense merece. “Essa região precisa de um governo que não isole o povo, que construa estradas. Essa estrada de Passagem Franca já fez dez palanques e nunca foi construída”, criticou.

Cardoso Neto, grande liderança da região, reforçou a necessidade de práticas que contribuam com a geração de emprego e renda. Em Lagoa do Mato falta oferta de trabalho para a população, o que acaba contribuindo para que jovens deixem o município. “Nossa cidade tem muitas carências. Falta emprego; assistência técnica para a agricultura, água tratada… Estamos com uma evasão nas escolas de ensino médio por falta de transporte escolar.

Para o vereador Adailton Duarte, o evento foi positivo por ter reunido várias lideranças da região para discutir uma nova forma de fazer política. “Nosso compromisso é com a população. Hoje discutimos nossa realidade e apresentamos os problemas da nossa cidade. Temos uma infraestrutura boa. Cerca de 90% de Lagoa do Mato é calçada. Mas na área da educação temos uma evasão de 40% dos alunos por falta de transporte”, calculou.

PASSAGEM FRANCA

Em Passagem Franca a principal demanda também foi para agricultura familiar. O Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município estima que a população que vive do campo está entre nove e dez mil pessoas. “A necessidade do nosso povo é de um governo o que reconheça os trabalhadores rurais, invista em escolas. Aqui temos lavouras de arroz, milho e abóbora que, com incentivo, poderia gerar renda para o povo”, enfatizou a sindicalista Selma Bandeira.

Participaram ainda do Diálogos em Passagem Franca, o presidente do STTR, João Batista Silveira, o presidente da Câmara, Carlinhos Casa, vereadores, presidentes de partidos.

BURITI BRAVO

buriti bravo2

Na cidade de Buriti Bravo, o Diálogos  reuniu centenas de pessoas dispostas a discutir um novo modelo de desenvolvimento para o estado. Atenta ao debate, a população também deu sua contribuição. Nas prioridades da região, incentivos para a agricultura, investimento à produção do estado, politicas públicas eficientes para a saúde, educação e segurança.

“São vários problemas na nossa cidade. Falta água, sendo inadmissível que a população sofra sem água; segurança, incentivo econômico para o município. Precisamos acabar com o isolamento que vivemos. Chegam as ordens de serviço que iniciam, mas nunca têm fim. Esse momento é muito importante porque representa a mudança que o povo quer”, espera Luciana Leocádio, liderança da região.

MOBILIZAÇÃO SOCIAL

lagoa do mato

O vice-prefeito de Gonçalves Dias destacou a mobilização social durante as edições do Diálogos pelo Maranhão. Percorrendo algumas cidades com a comitiva, enfatizou o crescimento da plateia a cada cidade. “Pelo que percebo, cada vez mais tem crescido a participação popular”, observou Djalma Fernandes. E pediu pela região estradas asfaltadas para interligar os municípios do leste maranhense.

Flávio Dino, coordenador do Diálogos, falou sobre a proposta do movimento e ouviu as propostas de lideranças e população. Ele destacou ser esta uma etapa de aprender e conhecer a realidade do estado. “Faço questão de visitar todos os municípios do Maranhão. Precisamos transformar a vida do povo, enfrentar as 500 mil casas de taipa, resolver o problema das estradas, o isolamento que os municípios enfrentam, que acaba atrapalhando a produção e a vida das famílias”, reforçou.

Em visita a Lagoa do Mato, município do Leste maranhense, Flávio Dino esteve com o vereador Adailton Duarte. Na conversa, o compromisso com a política e a população do estado. Adailton aproveitou para afirmar que contribuirá com o movimento em prol da mudança do Maranhão.

Em Buriti Bravo, Flávio Dino esteve com a presidente do Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município, Isabel Oliveira, e o Conselho Deliberativo do Sindicato. O encontro marcou o pedido de atenção à agricultura familiar e o compromisso de Flávio Dino de continuar o diálogo com a população.

Riacho do Curimatã transborda e interdita acesso ao bairro

Carro ficou "atolado" no riacho Curimatã

Carro ficou “atolado” no riacho Curimatã

Devido às fortes chuvas que caem em Colinas quase que diariamente, o riacho do Curimatã, que corta a única via de acesso do bairro com o centro da cidade, transbordou no inicio da noite de ontem, dia 12, e deixou toda a comunidade sem poder transitar por qualquer meio de transporte pelo desvio construído pela prefeitura municipal em razão da construção da ponte de cimento que está sendo feita há quase um ano.

No início de março os moradores fizeram um protesto pela demora na construção da ponte (veja aqui) e interditaram o desvio.

Com a água que tomou conta do desvio hoje, um carro que tentou passar pelo local ficou preso e foi preciso que alguns moradores ajudassem o motorista a sair.

O blog também foi informado que um homem teria caído de moto ao tentar passar pela ponte ainda em construção, e uma mulher e uma criança também teriam caído na correnteza, mas que foram rapidamente resgatadas pelos moradores sem maiores ferimentos.

A Prefeitura Municipal de Colinas, por meio da Secretária de Obras, disse que vai analisar as condições do trecho e a possibilidade de um bueiro na área de transbordamento. 

riacho1

 

riacho3

E Agora? Se lançar filha candidata, Arnaldo Melo perde apoio de deputados para o Senado

Do Blog do Gilberto Leda

nina_melo

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo, tem goza de situação confortável na briga pela indicação do PMDB como candidato a senador na eleição de outubro – ele trava disputa interna com o deputado federal Gastão Vieira.

Detentor do apoio de pelo menos 22 dos 31 parlamentares da base governista, ele conta também com a simpatia do senador Lobão Filho e do pai dele, o ministro Edison Lobão, todos também do PMDB.

Mas tudo pode mudar se Melo insistir no propósito de lançar a filha, Nina Melo, candidata a deputada estadual.

Se isso ocorrer, pelo menos metade – se não mais -, dos deputados que hoje o apoiam, abandonam o projeto imediatamente.

Segundo os parlamentares consultados pelo blog, eles apostam em Arnaldo Melo porque acreditam na vitória, embasada na força política dos detentores de mandato no Legislativo Estadual.

Ao lançar a filha, o presidente da Casa estaria se preparando para a eventualidade derrota. E isso, para os que o “ungiram” representante da Assmebleia na disputa majoritária, seria um mal sinal.

O pequeno príncipe: Edinho diz que há 50 anos se prepara para governar o MA

Blog do Raimundo Garrone

Edinho Lobão

O filho do ministro Édison Lobão, o Edinho Lobão disse a jornalista de O Estado do Maranhão logo após que o seu nome foi confirmado como possível candidato do grupo Sarney ao governo do Estado, que há 50 anos se prepara para governar o Maranhão.Ou seja: desde que nasceu!

Isso mesmo, repetindo as práticas dos reinados, Edinho já nasceu ungido para governar o estado. O filho varão do rei, que nasce e é preparado para assumir a coroa.

As declarações de Edinho revelam que o grupo Sarney sempre tratou o Maranhão como um feudo, onde o poder é transferido de pai para filho por ordem natural de determinação divina.

O seu primeiro estágio foi em uma padaria em Serra Pelada, e agora parte para disputar o governo do Maranhão passando por cima de toda a classe política que ficará a pão e água!